Município de São João de Meriti

Encravada na Baixada Fluminense, São João de Meriti é um dos municípios com maior densidade demográfica do Brasil: são 13 mil habitantes por quilômetro quadrado, o que lhe vale o título de “Formigueiro das Américas”. Ex-distrito de Nova Iguaçu, conquistou a  emancipação em 1947 à reboque  do fluxo de imigrantes que chegavam para ocupar as suas terras em busca de empregos no Rio de Janeiro.

Em 1951, a inauguração da Rodovia Presidente Dutra e sua ligação entre as metrópoles mais importantes do país, colocou São João de Meriti no caminho do desenvolvimento. Chegaram comércios e empresas, que transformaram de uma vez a paisagem das antigas fazendas de cana de açúcar e, posteriormente, de laranjas. Uma nova onda de imigrantes na década de 70 levou a população da cidade para a casa dos 400 mil moradores.

Comercialmente, São João de Meriti foi celebrada como a “Capital do Jeans”, no começo dos anos 80, após várias confecções se instalarem no bairro de Vilar dos Teles. Não perdeu mais o “time” do negócio. Hoje abriga um dos mais importantes shoppings centers da Baixada e um corredor com inúmeras concessionárias de automóveis. São 6 mil empresas cadastradas no município e que proporcionam 72 mil empregos, de acordo com os dados do IBGE.

Meriti tem 23 bairros e é servido, além da Rodovia Presidente Dutra, por três outras importantes  estradas de acesso do Rio de Janeiro: Linha Vermelha, Via Ligth e Avenida Automóvel Clube, o que aumenta a sua oferta de transporte e  facilita a locomoção da população entre o município e as regiões comerciais mais importante da Cidade do Rio.

A cidade também é conhecida por sua vocação esportiva. Tem dois times no campeonato Carioca (Audax e Tomazinho). No Carnaval conta com a tradição da Unidos da Ponte, que já participou da elite dos desfiles do Grupo Especial.