Blanche Carina e Valéria Oroski tem muita coisa em comum. Ambas são comerciantes no segmento alimentício e estão à frente dos seus negócios. Blanche tem uma lanchonete na rua Antônio Marins de Oliveira, no bairro São Mateus, e Valéria possui uma padaria no mesmo local. Elas são moradoras do bairro e enfrentavam o mesmo problema, que vinha afugentando a clientela.

“Muitas vezes, o cliente não conseguia nem entrar no meu estabelecimento, por causa do esgoto na frente da padaria. Na rua toda tinha rato, barata e mosquitos por causa dessa vala negra. A impressão que se tinha aqui era horrível, de total descaso. E a gente que trabalha com alimento era muito prejudicada”, conta Blanche.

Segundo Blanche, o problema se agravou nos últimos sete anos e os moradores não sabiam mais a quem recorrer. No ano passado ela e o marido tiveram Zika e foi difícil trabalhar nesse período.

Além de prejuízo no comércio, a falta de saneamento e a proliferação de doenças trouxeram uma preocupação maior para Valéria: a saúde da neta. Depois que o sobrinho teve leptospirose, ela começou e evitar que a menina fosse ao bairro. “Ninguém costuma investir em bairro pobre. Vinham aqui, desentupiam e no dia seguinte o esgoto voltava a jorrar”, reclama a comerciante. As duas não sabiam que Águas de Meriti havia assumido os serviços de esgotamento sanitário no município e foi com surpresa que viram as equipes da concessionária chegar à rua Antônio Marins para sanar o problema.

O vazamento de esgoto foi provocado pelo afundamento do Poço de Visita. Com a tampa quebrada, esse ponto da rede de esgoto se transformou em depósito de lixo e principalmente de entulho, o que assoreou a rede e causou rompimentos em outros trechos da tubulação. Essa é uma rua importante, com fluxo intenso de veículos, pois dá acesso à RJ-081, conhecida como Via Light, que liga os municípios do Rio de Janeiro a Nova Iguaçu, passando por São João de Meriti. Aproximadamente 25 metros de redes, de 400 mm, foram substituídos e um novo Poço de Visita foi construído, restabelecendo a coleta de esgoto.

“Estamos impressionados como um problema antigo e que trazia tantos transtornos ao bairro foi resolvido de forma tão séria e rápida por Águas de Meriti. É a primeira vez que vemos obra de verdade neste local. Nota 10 para a empresa”.   Blanche Carina

 

 

 

“ Esta obra mudou a vida do bairro. Acordar hoje, não ver o esgoto jorrando e não sentir o mau cheiro renovou minha alegria de viver e trabalhar aqui”.  Valéria Oroski