O dia começa cedo para a administradora de empresas Ana Márcia da Silva, desde que, há 15 anos, abriu com a mãe um restaurante no centro de São João de Meriti. Às seis da manhã ela já está negociando com fornecedores e acertando as entregas dos alimentos para o seu estabelecimento, localizado na rua Gessyr Gonçalves Fontes, uma das principais da cidade.

A rotina de Ana Márcia foi quebrada numa sexta-feira de janeiro, quando chegou para trabalhar e encontrou um vazamento de esgoto em frente ao seu restaurante. Devido ao transtorno, ela teve que fechar mais cedo, mas resolveu acompanhar de perto o trabalho de Águas de Meriti, responsável pelo serviço de coleta de esgoto no município. Para a execução do serviço, o trânsito precisou ser desviado pela guarda municipal. As equipes de manutenção de rede da concessionária atuaram durante todo o dia para rebaixar o volume de água da chuva e efetuar a troca da manilha, devido ao precário estado de conservação.

Ana Márcia ressaltou a importância do serviço de coleta de esgoto. “É uma segurança ter uma empresa que eu sei que vou ligar e ser atendida. Houve a preocupação em fazer o serviço no fim de semana, mesmo chovendo, para não atrapalhar o trânsito durante a semana, porque esta é uma rua com muitos bancos, lojas, clínicas e até uma maternidade. É um serviço que a população precisa, porque traz dignidade, previne doenças e, para nós comerciantes, evita prejuízos, porque se o esgoto vazar e entrar na loja vai causar danos materiais”.

Águas de Meriti começou a atuar em novembro do ano passado. Além da coleta é responsável pela gestão comercial das contas de água e esgoto. Nos próximos oito anos, a empresa vai investir para atender 90% da população, contribuindo para o desenvolvimento sustentável do município.