A concessionária Águas de Meriti, responsável pelos serviços de esgotamento sanitário e gestão comercial de água e esgoto de São João de Meriti,  iniciou o recadastramento dos imóveis do município. O trabalho é semelhante a uma pesquisa realizada pelos agentes da empresa em visita às residências, comércios e indústrias localizados na região de atuação da concessionária e irá permitir um atendimento mais eficiente à população.

Os recenseadores irão coletar da população informações importantes como atualização de dados cadastrais; tipo e condições das ligações de água e de esgoto; tipo do imóvel; dados e condições do hidrômetro e quantidade de usuários em casa unidade consumidora. Eles poderão solicitar a última conta de água e documentos do titular tais como RG, CPF ou CNPJ (em caso de empresas). Estas informações são sigilosas e serão usadas apenas para oferecer melhor atendimento à população.

Para segurança dos entrevistados, os agentes da concessionária estarão identificados com uniforme da empresa e crachá, contendo nome, número de matrícula, CPF e identidade. Caso o morador tenha dúvidas, reclamações ou elogios quanto ao trabalho, pode entrar em contato pelo 0800 025 0195.

Com este trabalho e o atendimento ao público em sua agência e SAC, a empresa está gerando, de imediato, 80 novos postos de trabalho, sendo praticamente todos os colaboradores moradores de São João de Meriti e municípios vizinhos.

A meta é atingir 90% de saneamento em oito anos. Com este trabalho, São João de Meriti será o primeiro município da Baixada Fluminense a contribuir, efetivamente, para a limpeza da Baía da Guanabara a partir do tratamento efetivo do esgoto na cidade, que atualmente é desaguado em sua totalidade in natura nos Rios Sarapui e Meriti. Através de todos estes investimentos na melhoria dos serviços, o município terá uma redução substancial no número de doenças infantis e adultas provocadas pela falta de saneamento. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), para cada real investido em saneamento, são economizados quatro reais em atendimentos hospitalares.